Plenitude

Plenitude

Plenitude

Plenitude

Plenitude

Ter plenitude é estar pleno, inteiro, íntegro, completo.

Diversas formas de plenitude

As pessoas podem estar plenas de amor, de saúde, de amigos, de carreira, etc. Quando alcançam a plenitude, elas estão completas e satisfeitas com esta situação. Porém, acredito que quando alguém atinge este estado, ele pode sentir um vazio dentro de si, que pode até acabar em depressão ou algo semelhante.

Pessoas plenas

Isto é, quando alguém está totalmente pleno, ele não tem mais sonhos, desejos, anseios por realizar algo. Quando se está satisfeito com sua carreira, a pessoa não corre mais atrás de melhorias, de cursos ou oportunidades para crescimento.

A plenitude é excelente, é algo que desejamos alcançar, mas não devemos nos acomodar se tudo foi conquistado. É preciso ser grato pela conquista, mas, mais tarde, deve-se procurar a evolução, o crescimento, o ir além.

Como encontrar a plenitude

Para se tornar uma pessoa plena e realizada, o primeiro passo é estar bem consigo mesmo. Procure equilibrar suas facetas de vida, ou seja, amigos, trabalho, família, lazer, finanças, corpo e mente, proporcionando saúde para seu organismo.

O principal é cuidar da saúde física, pois ela oferece energia para desfrutar as tarefas das outras situações. É fato: quando se está doente, não se consegue cuidar da família ou trabalhar, por exemplo.

Faça atividades físicas com frequência (pelo menos três vezes por semana) e cuide de sua alimentação. Tenha boas noites de sono (oito horas ininterruptas) e não abuse de bebidas alcoólicas ou fumo (se possível, evite o último e beba com moderação). Para alcançar a plenitude física, também vá ao médico uma vez por ano.

Saúde em dia, é hora de cuidar da família. Dedique um bom tempo a eles, praticando o diálogo e o afeto. A convivência harmoniosa é excelente para o bem-estar doméstico, pois são com essas pessoas que dividimos os melhores momentos de nossa vida.

Planeje sua carreira de acordo com seus gostos e talentos, só assim é possível ser pleno no trabalho. O salário é importante, mas priorizar oportunidades de carreira somente por dinheiro é um risco enorme para sua saúde física e mental.

Contudo, é preciso estar atento na maneira de interligar as áreas. Não é possível ser pleno no trabalho, mas deixar a família em segundo lugar.

Os momentos sociais, culturais e espirituais também são importantes para se alcançar a plenitude, porque são eles que reforçam nosso caráter, nossas crenças e valores. É tudo uma soma, e deve ser vivido ao mesmo tempo em que as outras áreas.

Portanto, se algo está falho na sua vida em algumas destas situações, é preciso estudar formas de melhorar a saúde. Faça um plano de ação para você, avaliando o que deve ser melhorado e traçando estratégias de melhoria.

Como não é possível separar as áreas, trabalhe com urgência e prioridades. Se você está com maiores dificuldades na carreira, coloque-a em primeiro lugar, sem descuidar da família ou do lazer, por exemplo.

É preciso trabalhar com muito autoconhecimento, assim você alcança a plenitude. Mas, lembre-se: a plenitude deve ser temporária, porque você merece evoluir sempre. É a chave para o amadurecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *