Medo de envelhecer

Medo de envelhecer

Medo de envelhecer

Medo de envelhecer

Medo de envelhecer

O ciclo natural da vida é: nascer, crescer, reproduzir-se e morrer. Algumas pessoas não executam por todos estes passos, pois morrem jovens, mas outras deixam de aproveitar as últimas etapas por medo de envelhecer. Leia nosso texto e saiba como esta preocupação excessiva faz mal.

Preocupação natural

O medo de envelhecer é natural, desde que a pessoa não se preocupe excessivamente com isso. Existem pessoas que sofrem de gerontofobia, ou seja, deixam de aproveitar suas vidas porque estão preocupadas com seu envelhecimento. Isto não é saudável de forma alguma.

Como saber que a preocupação virou doença?

Se você se preocupa com seu visual externo, mas não sabe se possui esta doença citada acima, pergunte-se: eu deixo de comemorar aniversários por estar ganhando mais idade? Estou buscando plásticas para me sentir melhor com o que vejo no espelho? Entro em melancolia profunda por ver rugas no espelho?

Se você respondeu sim a alguma das perguntas acima, provavelmente sofre de gerontofobia e seria bom procurar um terapeuta para tratamento.

Imposição da sociedade

Mas não se assuste: praticamente todas as pessoas têm medo de envelhecer, principalmente porque é o último estágio antes da morte. E com a expectativa de vida cada vez mais alta, exige-se mais beleza por causa de uma sociedade hedonista.

Se a pessoa tem setenta anos, algo muito comum na atualidade, a comunidade impõe que este senhor ou senhora se apresente jovem para os outros. Ou seja, só é bem visto quem possui boa aparência, mesmo com uma idade mais avançada. Apresenta-se a ideia totalmente errada de que só é feliz quem é jovem.

A transição para os 40 anos

O medo de envelhecer começa especialmente aos 40 anos, quando as pessoas têm mais sensação de que estão ficando velhas. O sentimento é mais forte em mulheres que optaram por não ter filhos, por quererem priorizar suas carreiras.

Se for o seu caso, é preciso dizer para si mesma que esta foi sua escolha e você deve ficar atenta para não cair nesta armadilha. Você ainda poderá viver muito e será feliz com quarenta anos, época em que começa a vida, segundo dizem por aí.

Mantenha a saúde integralmente

Quando se fala em manter a saúde, normalmente se foca no físico, no visual. Porém é preciso mudar este conceito e pensar principalmente no bem-estar mental, fundamental para que a gerontofobia, o medo de envelhecer, não se instale em seu cérebro.

Portanto, procure uma terapia, leia livros, faça palavras-cruzadas, escreva textos, pratique exercícios físicos, enfim, encontre meios para manter a saúde da mente. Tenha uma alimentação saudável e não pense demais no seu visual, porque o mais importante está dentro de si.

Envelheça com bom humor

Para encerrar, gostaríamos de dizer para você envelhecer com bom humor. Esta é peça-chave para o seu sucesso, para não ter medo de fazer aniversários e encontrar rugas no rosto.

Se a sua cabeça está em paz, o corpo agradece. Quando o organismo está cansado, a mente trabalha com sabedoria e está repleta de experiências boas para compartilhar. A maturidade é algo lindo, não tenha medo de envelhecer. Foque nas coisas positivas e siga em frente!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *